quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Medicina 2015.1 UFRN para Cecília Gurgel: Leia o depoimento belíssimo de uma professora dessa genial garota!

No meu ofício, sempre procuro as melhores palavras, o melhor raciocínio, para compor qualquer mensagem. Meus alunos sabem muito bem disso. Foi o que tentei fazer agora, mas logo desisti. Desisti porque a sinceridade do momento requer mais que requinte de composição. Desisti porque a alegria de uma realização precisa ser essência. Por motivos de distância, não pude estar ontem junto a alguém muito especial nos meus últimos três anos como professora. 

Não pude te dar um abraço, Cecília Gurgel! Desde a 1ª série, percebi seu brilho. Não é brilho de quem tenta assim parecer, é brilho de quem é! Brilho de quem se faz grande no silêncio. Brilho de quem sabe o que é melhor pra si e não abre mão disso. Já na 2ª série, pudemos nos aproximar mais ainda: pelas nossas experiências na sala regular e no curso. Idem no Pré. Neste 2015, você me deixa como aluna, mas quero registrar o prazer de ter recebido sua credibilidade e seu carinho durante todo esse tempo. 

Você é grande e fará do mundo ao seu redor – aquele que está ao seu alcance – um mundo melhor, porque você nasceu para cuidar do próximo, para levar humanidade onde ela se escassa. PARABÉNS PELA VITÓRIA INICIAL. Que Deus continue a permitir bênçãos a você e a sua família, que também esteve sempre tão presente no nosso percurso acadêmico. Um beijão. Por Clarissa Maranhão, via Facebook.
Mais informações »

Meu abraço especial seguido dos melhores votos de felicidades aos queridos aniversariantes de hoje, 28.

Meu abraço especial seguido dos melhores votos de felicidades aos queridos aniversariantes de hoje, 28: Genilson Silva, Viviane Lalia, Otoniel Nascimento, Keyla Queiroga, Austrelioclezia Moraes, Suelene Pinto, Francisca Santa Marinho, Vinicius Amorim, William Melo, Fernando Chiriboga, Luan Nunes, Vandilson Ramalho e Marcos Antonio.
Mais informações »

Indígena é aprovada para medicina em duas universidades federais.

Filha de uma professora e moradora da aldeia Tey Kuê em Caarapó, a 264 km de Campo Grande, a jovem indígena de Mato Grosso do Sul, Dara Ramires Lemes, 19 anos, foi aprovada para o curso de medicina em duas universidades federais do país. A estudante da etnia guarani ficou em primeiro lugar no vestibular da Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR) e da Universidade Federal de Santa Maria (UFMR).

Segundo a estudante, o vestibular de Santa Maria foi por cota, reservada só para indígenas. "Ofertaram duas vagas e eu me dei bem, fiquei com o primeiro lugar. Já na UFSCAR, eles fizeram vestibular específico para indígenas. Só os que comprovaram residir em aldeias participaram daquele vestibular. Foram 67 indígenas por vaga e, graças a Deus, eu consegui", comemorou.

A gatora conta que estudou a vida toda na escola da aldeia. Depois de concuir o ensino médio, ela fez cursinho por dois anos e também reforçou os estudos em casa, totalizando cerca de 10 horas de dedicação por dia. O esforço valeu a pena e trouxe uma conquista inesperada por ela e pela família: a aprovação, em 1º lugar, em duas faculdades federais de medicina.

Segundo sonho

Antes de alcançar as duas aprovações, a estudante se destacava como jogadora de futebol. Ela lembra que chegou a jogar na equipe feminina do clube de futebol Atlético Mineiro, em Belo Horizonte (MG), após de participar de uma seletiva. Depois de morar dois anos na cidade mineira e atuar no time, ela voltou para a aldeia Tey Kuê, em Caarapó.

Ela decidiu abrir mão do futebol e trocar a bola pelos livros. Agora o esporte virou lazer e os estudos são prioridade. A mãe da menina, Zenir Lemes Ramires, é professora e teve papel fundamental no apoio aos estudos, segundo Dara. "Ela começou a ser alfabetizada aos 4 anos. É uma menina intelectual, que gosta de estudar, que gosta de correr atrás, buscar resultados. Ela é bem esforçada e eu ajudava também", lembrou a mãe da estudante
.
Em casa, a estudante virou motivo de orgulho, principalmente para o irmão mais novo, Dário Ramires. "Minha irmã sempre foi esforçada, sempre via ela estudando dia e noite, se esforçando muito, chegando do cursinho e estudando mais. Sempre foi minha inspiração", afirmou Dário.

A estudante escolheu cursar medicina em Santa Maria. Depois de realizar dois sonhos, de jogar futebol e ser aprovada em medicina, Dara faz planos para concretizar a terceira meta, que é voltar formada para trabalhar como médica no posto de saúde da comunidade onde mora.

"Com certeza vou voltar na minha reserva e ajudar os outros indígenas e tratar eles bem, porque eles necessitam. Eles têm uma certa dificuldade de comunicação e, tendo uma profissional nessa área, sendo indígena, eles vão conseguir se abrir mais comigo. Vou poder ajudar melhor eles", explicou.

Fonte: G1
Mais informações »

Jornada Pedagógica 2015: 23, 24, 25 26 e 27 de Fevereiro. Volto com novas informações!

Jornada Pedagógica 2015: 23, 24, 25 26 e 27 de Fevereiro. Volto com novas informações!
Mais informações »

Imagens: Momentos únicos e especiais da formatura do lindo e querido Ronaldo Júnior, DIREITO 2015. Muito feliz!

Imagens: Momentos únicos e especiais da formatura do lindo e querido Ronaldo Júnior, DIREITO 2015. Transbordando de felicidade!
Mais informações »

Você pode não acreditar, mas eu passei por muitos desafios até aqui, por Dorjival Silva, via Facebook.

Você pode não acreditar, mas eu passei por muitos desafios até aqui...

Li uma reportagem, hoje, no UOL Economia enfocando que nascer em bairro pobre pode prejudicar ascensão social por décadas. Conforme o texto, o local específico da cidade onde uma pessoa passa os primeiros 16 anos de sua vida é determinante na renda que ela terá muitas décadas depois. 

"A vida nos bairros mais carentes implica frequentar escolas de má qualidade, ficar mais longe das oportunidades de trabalho e mais perto dos focos de violência de nossas cidades".

Agora imagina meu caso!

Nasci em Patu, uma pequenina cidade potiguar do interior nordestino, localizada no chamado "Polígono da Seca", talvez um dos lugares mais secos do Planeta. 

Certamente, o leitor não terá como avaliar os esforços que um adolescente, filho de agricultor, teve para concluir o antigo segundo grau, chegar à Universidade pública, se profissionalizar e configurar seu espaço na sociedade.

Oriundo de uma família sem qualquer recurso para custear o meu sonho de chegar à Universidade, tive que encarar a Casa do Estudante de Mossoró (RN), onde morei em penúria social por vários anos até conseguir meu objetivo. 

Quantos finais de semana: da sexta-feira à noite até o amanhecer da segunda-feira seguinte, fiquei sem por alimento algum no estômago! A Casa não tinha sequer café da manhã em alguns finais de semana. Vi muitos colegas desistindo do sonho e retornando para suas cidades pobres. Sem esperança.

Finalmente, aos 27 anos de idade passei no vestibular e me tornei acadêmico do curso de Ciências Sociais da Universidade Estadual do Rio Grande do Norte. 

Depois, lancei dois livros de poesia, me tornei profissional da imprensa e de lá para cá venho batalhando dia e noite para sobreviver decentemente fazendo jus a tantos esforços. 

No final da década de 90 conclui a faculdade de Teologia. E em 2007, conclui o curso de Pedagogia pela Faculdade de Educação de Tangará da Serra. 

Iniciei minha vida profissional quando muitos de minha idade já se encontravam estabilizados. Mas, nunca pensei em desistir dos meus sonhos e objetivos. 

Dia 28 de março completarei 50 anos de idade. Graças a Deus e a tantos esforços, chego a esta linda idade como homem realizado e feliz. Tenho uma família estabilizada. Tenho residência própria. Trabalho próprio. Independência social. E muita esperança no coração.


Aos jovens que leem esse texto deixo uma mensagem. Realmente, não é fácil ganhar espaço relevante na sociedade quando se nasce numa cidade ou bairro muito pobre, como foi meu caso. É muito difícil. Mas, quando há esforço e determinação é possível atingir ao alvo, mesmo que demore um pouco mais. 

Meu lema tem sido: não importa de onde sai, mas para onde estou indo. Eu sei onde quero chegar.


Abraço a todos.
Por Dorjival Silva, via Facebook.
Mais informações »

Abraço de feliz aniversário no dia de hoje, 28, ao filho ilustre de Umarizal, figura admirável de nossa história, Zezito Martins.

Abraço de feliz aniversário no dia de hoje, 28, ao filho ilustre de Umarizal, figura admirável de nossa história, Zezito Martins, para quem envio os melhores votos de felicidades, saúde, alegria, bem estar e tudo de melhor dessa vida. Na foto ele aparece com Conceição Dias, esposa, amiga e companheira de todos os dias.

Mais informações »

Hoje, parabenizo você, meu Filho, meu presente de Deus. Por Neidinha Oliveira, via Facebook.

Hoje, parabenizo você, meu Filho, meu presente de Deus. Peço ao Pai Celestial que seja seu companheiro todos os dias e interceda sempre por você. PARABÉNS! Por Neidinha Oliveira, via Facebook.
Mais informações »

terça-feira, 27 de janeiro de 2015

Poeta das Biografias: O Jornal de Hoje entrevista o cordelista Marciano Medeiros.

Um dos principais nomes do cordel potiguar, Marciano, fala sobre suas origens, premiações e produção em entrevista.

O Jornal de Hoje entrevista o cordelista Marciano Medeiros. Nascido em Santo Antônio aos 18 de setembro de 1973, toda sua origem familiar é de Serra de São Bento. Desde adolescente observava seu pai João Batista de Medeiros (Joca de Zé Bisel), ler e cantar belos romances clássicos em cordel e depois ouviu seu avô materno, José Salustino Moreira, declamar inesquecíveis estrofes do Pavão Misterioso. Membro da Academia Norte-rio-grandense de Literatura de Cordel, Marciano ficou em primeiro lugar em outubro de 2014, num concurso de cordel promovido anualmente pela COSERN. Confira estes e outros detalhes na entrevista com o autor a seguir.

De onde vem o seu gosto pelo cordel?

Vem de minha infância e adolescência, quando escutava meu pai cantando lindas estrofes dos cordéis clássicos. Ele deitava numa rede em nossa casinha na Serra do Meio e lia romances enormes, que para mim eram verdadeiros filmes feitos com palavras. Tivemos uma vida meio nômade e nos mudamos para várias cidades, porém permanecemos mais tempo em Parnamirim. Quando eu vinha visitar a serra, sempre ficava na casa de José Salustino e dona Izabel Viana, meus avós pelo lado materno. O senhor José Salustino tinha dezenas de estrofes decoradas e declamava o Pavão Misterioso. Então resumidamente foi deste modo que comecei a apreciar romances de cordel.

Qual foi sua primeira obra escrita?

Em 1910 existiu uma história dramática e sangrenta em Serra de São Bento, sempre contada por meu pai e coincidentemente por José Salustino, avô que acabei de mencionar na pergunta anterior. Eles narravam uma briga que envolveu Luiz Amâncio, Minô Targino e Cândido Luiz. Neste período alguns poderosos de Serra de São Bento que acabei de citar, se uniram contra Cândido, um trabalhador rural, de pequena estatura, negro e pobre. Minô querendo agradar seu amigo resolveu espancar o trabalhador, por causa de uma questão dele com Luiz Amâncio. Cândido assassinou o fazendeiro e teve uma fuga espetacular, sem sofrer qualquer punição, pois terminou sendo absolvido num júri ocorrido em Nova Cruz. Eu gravei uma entrevista e escrevi meu primeiro trabalho que me atrevi a publicar. Era cheio de falhas, algumas rimas erradas e muitas desmétricas. Depois fiz uma revisão e melhorei a qualidade do trabalho. Hoje já tenho mais de 20 folhetos publicados.

Como surgiu este apelido de poeta das biografias?

Tenho um amigo que foi incentivador da criação da Academia de Cordel, o Gutenberg Costa. Ele começou a ver folhetos de minha autoria contando a vida de Clara Camarão, poeta Diógenes da Cunha Lima, jornalista Joaquim Pinheiro, alguns políticos do Rio Grande do Norte, do alagoano Teotônio Brandão Vilela e muitos outros, que vieram posteriormente, a exemplo de Câmara Cascudo, a vida Lampião publicada pela Editora Luzeiro, José Wilker, Marinho Chagas, José Saldanha, Abaeté do Cordel, Rita de Cássia Soares, Ronaldo Cunha Lima e Divaldo Franco, entre outros. Então observando toda essa produção de perfis biográficos, Gutenberg pegou a me chamar de poeta das biografias. Eu confesso que gostei, pois aprendi a fazer estes perfis ouvindo violeiros, a começar de Helânio Moreira, um jovem e talentoso repentista de Serra de São Bento. Depois escutei os irmãos Pereira cantando a vida do papa João Paulo II, em treze sextilhas. Logo percebi, digamos assim o segredo da coisa, pegar o essencial e fazer a ligação entre as partes. Aprendi a narrar episódios e colocar também um pouco de poesia nas estrofes. Foi deste modo que surgiu a referida alcunha de poeta das biografias.

Como se deu sua entrada na Academia de Cordel?

Em 2011 Gutenberg Costa, Hélio Gomes Soares, Marcos Medeiros e Abaeté do Cordel, ao lado de outros companheiros começaram um movimento para criação de uma Academia de Cordel, a ser fundada no Rio Grande do Norte. Abaeté e Hélio por razões pessoais se afastaram, ainda na fase de elaboração da referida instituição. Outros persistiram e tivemos uma bela noite, onde começamos este movimento, numa solenidade ocorrida na Academia de Letras do Rio Grande do Norte. Assumiu a presidência a professora e poetisa Rosa Regis. Passei a integrar a cadeira de número 31 e meu patrono é Luiz Gonzaga Felipe Neris. 

Fale sobre sua recente premiação, quando e como isso ocorreu?

A COSERN criou um prêmio de cordel que já está em sua oitava edição, eu cheguei a participar de cinco delas. Nunca sabia nem de minha classificação. Em 2014 o tema foi muito bom: Comportamento seguro a vida acima de tudo. Tive uma inspiração e elaborei narrativa dramática, procurando mostrar as consequências da sexualidade feita de modo irresponsável. Intitulei o trabalho de: Confissões de um sedutor. Diante do quadro de grandes e experientes poetas de Mossoró, Caicó e de Pau dos Ferros representado pelo poeta Manoel Cavalcante, que já venceu uma edição e ficou com excelente colocação noutra, cheguei a pensar que um terceiro lugar já seria algo a ser comemorado. Afinal concorrer com numerosos craques da poesia, como eu os chamo, de verdadeiros “Thomas Müller do cordel”, numa alusão ao jogador alemão vencedor com sua equipe da última Copa do Mundo, não é uma tarefa fácil. Eu estava no auditório da Flicks, quando anunciaram meu trabalho em primeiro lugar na categoria livre. Deste modo fiquei muito feliz e vivi uma semana de grande emoção, pelo reconhecimento do meu esforço e persistência. 

Existem grandes poetas na atualidade, escrevendo cordéis?

Sim, a começar pelo Rio Grande do Norte, onde temos muitos nomes atuantes e naturalmente não posso mencionar todos. Relembro um poeta extraordinário, nosso Xexéu de Santo Antônio do Salto da Onça. Antônio Francisco de Mossoró, Crispiniano Neto, Paulo Varela, Bob Motta, Manoel Cavalcante, Rosa Régis, José Acaci, Izaias, Hélio Pedro, Hélio Alexandre, Manoel Silva, Marcos Medeiros, Rariosvaldo Oliveira, Abaeté, Hélio Gomes Soares, Sirlia Lima, Rita Cruz, Gil Ribeiro e Nando Poeta, que está se especializando na história do cangaço. Já em nível nacional temos os irmãos Viana do Ceará, Moreira de Acopiara, Varneci Nascimento com quem aprendi a reforçar o zelo na produção das estrofes, Marco Haurélio e muitos outros que não dar para citar, pois sempre faltará alguém. No setor da pesquisa histórica o professor Aderaldo Luciano está mostrando um pensamento inovador sobre a origem do cordel, que é fundamentalmente brasileira. Na Europa se fez no máximo um embrião e a “criança”, falando figuradamente, floresceu entre a Serra do Teixeira e Recife, com Silvino Pirauá de Lima e Leandro Gomes de Barros, verdadeiros gênios que deram identidade ao cordel brasileiro, completamente , Crispiniano Neto, Paulo Varela, Bob Motta, Manoel Cavalcante, Rosa Régis, José Acaci, Izaias, Hélio Pedro, Hélio Alexandre, Manoel Silva, Marcos Medeiros, Rariosvaldo Oliveira, Abaeté, Hélio Gomes Soares, Sirlia Lima, Rita Cruz, Gil Ribeiro e Nando Poeta, que está se especializando na história do cangaço. Já em nível nacional temos os irmãos Viana do Ceará, Moreira de Acopiara, Varneci Nascimento com quem aprendi a reforçar o zelo na produção das estrofes, Marco Haurélio e muitos outros que não dar para citar, pois sempre faltará alguém. No setor da pesquisa histórica o professor Aderaldo Luciano está mostrando um pensamento inovador sobre a origem do cordel, que é fundamentalmente brasileira. Na Europa se fez no máximo um embrião e a “criança”, falando figuradamente, floresceu entre a Serra do Teixeira e Recife, com Silvino Pirauá de Lima e Leandro Gomes de Barros, verdadeiros gênios que deram identidade ao cordel brasileiro, completamente diferente das poucas obras feitas em Portugal diferentes na estrutura dos nossos romances, algumas escritas pelo cego Baltazar Dias por exemplo. Então voltando ao assunto temos valorosos poetas exercendo a profissão de cordelistas e o professor Aderaldo Luciano enriqueceu a lacuna da pesquisa fundamentada, com fortes e convincentes argumentos. 

Qual foi sua última obra e tem alguma pra vir em 2015?

Em novembro de 2014 publiquei um romance de 32 páginas intitulado: Lindo amor que floresceu nas páginas do Facebook. Tive grande aceitação com a trama moderna ambientada em Serra de São Bento, na Escola Estadual Joaquim Torres. Esgotei a primeira edição praticamente, dela tenho poucos exemplares, vou reimprimir e continuar divulgando em todas as escolas que puder. Biografias tenho três para finalizar, uma sobre Valdetário Carneiro, outra sobre o ex-governador Dinarte Mariz e uma homenagem que amigos vão fazer a um vereador de Parnamirim, chamado Ricardo Gurgel. Antes do cordel sobre o amor no Facebook, também elaborei um perfil de Eduardo Campos. 

O que você pode dizer a um cordelista iniciante?

Se minha experiência puder auxiliar alguém, recomendo que leiam os clássicos, Leandro Gomes de Barros, José Camelo de Melo Rezende, Delarme Monteiro, Manoel D`Almeida Filho, Antônio Teodoro dos Santos, Severino Borges e muitos outros. Não abandonemos o folheto, publicar livros é legal, mas o folheto e o romance devem continuar. Tenham cuidado com as revisões, não para se adequar a aprovação de alguém, mas para oferecer um trabalho de qualidade. Procurem aprimorar a métrica, as rimas e a correção gramatical. Outro fator importante é o sentimento poético. O escritor Fernando Sabino disse que em certa oportunidade estava escrevendo um trabalho e ligou para um amigo, que relembrou determinado intelectual e repetiu o pensamento do mesmo para Fernando: “Não seja biscoiteiro, construa uma obra de arte”. Acho que essa deve ser uma preocupação constante, de todo aquele que acredita ser poeta. 

Entrevista publicada no Jornal de Hoje (24/01/2015).
Mais informações »

O prefeito Mano Onofre ganha bolo surpresa de aniversário, e calorosa manifestação de carinho por parte de funcionários e amigos, na manhã especial desse dia 27. Felicidades mil!

O prefeito Mano Onofre ganha bolo surpresa de aniversário, e calorosa manifestação de carinho por parte de funcionários e amigos, na manhã especial desse dia 27. Felicidades mil! Fotos: Ricardo Pereira
Mais informações »

O ex prefeito de Umarizal, advogado Adson Luis e sua bela esposa Aline Medeiros em belas imagens de um roteiro fantástico de viagem dos dois nos últimos dias.

Cordilheira dos Andes
 Cataratas do Iguaçu
Mais informações »

Panfleto Oficial do Umarizal FEST 2015.

Panfleto Oficial do Umarizal FEST 2015.
Mais informações »

Administração 2014.2: Convite da formanda Vanilda Souza para as solenidades de sua formatura.

 Administração 2014.2:  Convite da formanda Vanilda Souza para as solenidades de sua formatura. 
Mais informações »

Convite: Programação dos 7 anos da Fraternidade 104,9.

Convite 

30 de janeiro 2015 – Sexta Feira 

-Culto de Ação de Graças 
- Local:  Igreja Batista em Umarizal – Pastor Francisco
- Hora: 19:00 horas 


31 de janeiro de 2015 – Sábado 


- Missa de Ação de Graças 
- Local: IGREJA MATRIZ 
- Hora: 19:00 h 

01 de fevereiro de 2015 – Domingo

Cavalgada saindo da cidade de Olho D água dos Borges às 8:00 horas da manhã com previsão de chegada em Umarizal no final da manhã.
Mais informações »

Meu abraço especial de feliz aniversário aos queridos aniversariantes de hoje, 27.

Meu abraço especial de feliz aniversário aos queridos aniversariantes de hoje, 27: Emanuela Onofre, Jozivania Dantas e Danielmarques El.
Mais informações »

Não tenho palavras pra descrever o quanto você é especial, feliz aniversário, que o grande arquiteto sempre te ilumine. Por Washington Sales, via Facebook.

Não tenho palavras pra descrever o quanto você é especial, meu ídolo, meu amigo, meu pai, te amo muito, que essa data se repita por centenas de vezes, parabéns feliz aniversário, que o grande arquiteto sempre te ilumine. Por Washington Sales, via Facebook.
Mais informações »

Super abraço de feliz aniversário no dia de hoje, 27, ao nosso prefeito Carlindson Onofre, figura iluminada, excelente caráter, alguém que faz toda diferença no mundo!

Super abraço de feliz aniversário no dia de hoje, 27, ao nosso prefeito Carlindson Onofre, figura iluminada, excelente caráter, alguém que faz toda diferença no mundo por carregar consigo uma força humana admirável, uma pessoa pura que consegue se destacar no meio politico exatamente por não seguir a 'linha' da maioria, alguém que segue na vida sem atropelar ninguém, coisa linda de se ver realmente. Parabéns, Mano, você é exemplo de dignidade!
Mais informações »

Medicina 2015: É com muita alegria que registro aqui a sua classificação, querido Kaio Rodrigo!

Medicina 2015: É com muita alegria que registro aqui a sua classificação, querido Kaio Rodrigo, eu sempre soube dessa tua capacidade, desde muito cedo percebi em você essa determinação, esse desejo de lutar pelos teus sonhos. Receba o meu abraço, o nosso abraço, meu e de Anália... Que essa vitória se multiplique em outras mil conquistas, meu amor, você merece!
Mais informações »

Infinitos votos de felicidades, saúde, alegria e paz ao primo querido Alexandre Oliveira pela data especial de aniversário no dia de hoje, 27. Deus te cubra de bênçãos, meu lindo!

Infinitos votos de felicidades, saúde, alegria e paz ao primo querido Alexandre Oliveira pela data especial de aniversário no dia de hoje, 27. Deus te cubra de bênçãos, meu lindo!
Mais informações »

Prévia Carnavalesca no Barravento: Sábado, 07 de de Fevereiro às 22:00 horas com a Orquestra de Pau dos Ferros e a Banda Salsalada revivendo pra valer!

Prévia Carnavalesca no Barravento: Sábado, 07 de de Fevereiro às 22:00 horas com a Orquestra de Pau dos Ferros e a Banda Salsalada.
Mais informações »

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Recebi na noite de hoje, 26, a visita da bela empresária Vanilda Souza, que veio pessoalmente me entregar o convite de sua formatura. Logo mais estarei publicando. Estarei lá!

Recebi na noite de hoje, 26, a visita da bela empresária Vanilda Souza, que veio pessoalmente me entregar o convite de sua formatura. Logo mais estarei publicando. Estarei lá!
Mais informações »

Governador Robinson Faria anuncia pagamento de Janeiro em dia.

O governador Robinson Faria vai pagar em dia o salário dos servidores do Estado. O calendário de pagamento de janeiro já está fechado e ocorrerá nos seguintes dias: 29 de janeiro, serão pagos os salários dos aposentados e pensionistas. E, no dia 30 de janeiro, receberão os servidores da ativa da administração direta e indireta. 

“Sempre tenho reiterado que o Governo não medirá esforços para cumprir o calendário de pagamento e que não estamos aqui para punir os servidores do Estado. O desequilíbrio fiscal existe, mas desde que assumimos, temos trabalhado incansavelmente para cumprir com o mínimo devido aos servidores do Estado”, disse o governador, Robinson Faria.

De acordo com o secretário de Estado do Planejamento e das Finanças, Gustavo Nogueira, ainda não há condições de se estabelecer um calendário para os próximos meses, devido o desequilíbrio fiscal em que foram encontrados os cofres públicos. Segundo informações da Seplan, o valor total que será pago aos servidores estaduais é de R$ 283.764.758,87, distribuídos entre 62.596 servidores ativos; 33.447 aposentados e 10.482 pensionistas.
Mais informações »

Meu abraço especial seguido dos melhores votos de felicidades aos queridos aniversariantes de hoje, 26.

Meu abraço especial seguido dos melhores votos de felicidades aos queridos aniversariantes de hoje, 26: Paulinha Leite, Mariene Costa, Lidiana Dias de Sousa, Thuanny Cavalcante e Poliana Pinheiro.
Mais informações »

domingo, 25 de janeiro de 2015

Atrações Oficiais do Umarizal Fest 2015!

EXCLUSIVO:  Depois de muitas expectativas sobre à atração que estará fazendo a abertura do UMARIZAL FEST 2015 nos dias 01, 02 e 03 de Maio, o empresário Ailton Fárias e toda organização do evento divulga com exclusividade.

ATRAÇÕES: 

01.05 - Solteirões do Forró

02.05 - CHICABANA

03.05 - Banda Grafith
Mais informações »

Faz bem pouco tempo que eu me referia ao estudante de Direito. Hoje, Advogado, Ronaldo Júnior: Parabéns, meu amor! Volto com muitas outras imagens dessa noite linda.

Faz bem pouco tempo que eu me referia ao estudante de Direito. Hoje, Advogado, Ronaldo Júnior: Parabéns, meu amor! Volto com muitas outras imagens dessa noite linda.
Mais informações »

sábado, 24 de janeiro de 2015

FM Fraternidade: 07 anos de Comunicação e Informação.


No dia 27 de janeiro de 2008 foi inaugurado na cidade de Umarizal, o sistema de radiodifusão Comunitária FM Fraternidade 104,9, com o ideal de trazer informação, educação, entretenimento, cultura e lazer de forma séria e comprometida com responsabilidade e imparcialidade. Os primeiros dias do ano 2015 marcarão os 07 anos de nossa caminhada frente a essa instituição. Para tanto, queremos celebrar com toda a população umarizalense essa data tão especial e festiva.

A Festa dos 07 anos de Aniversário da FM Fraternidade configura-se em um momento de grande alegria para todos os umarizalenses, nossa cidade deu um grande salto na comunicação, sendo possível através das ondas moduladas do serviço de radiodifusão desenvolver importante prestação de serviço comunitário. 



São 07 de muita caminhada, dificuldades vencidas, histórias e mais histórias que passaríamos dias para contar se referindo a dimensão de um veiculo de comunicação tão eficaz que é o rádio.

A população reconhece o trabalho e a dedicação de uma emissora que cada dia se integra e se envolve com o que é de interesse do povo. Os dias passam e a emissora local garante a nossa gente voz e vez diante de tantas situações que em outros tempos passariam sem o conhecimento da população. O tempo passou e afinidade continua firme com nossa cidade em contribuir com o desenvolvimento local.



Nosso papel de informar e também educar as pessoas através de sua programação diária sempre se preocupando em desenvolver um trabalho que leve a população a ter melhorias na sua qualidade de vida e de seu cotidiano.



Parabéns FM Fraternidade 104,9 A paixão de Umarizal. Deve ser um instrumento que proporcione a livre divulgação de idéias, atividades culturais, tradições e costumes do povo e que tenha também uma linguagem acessível e uma programação de qualidade e de muita criatividade.



Só temos agora a comemorar e agradecer esse presente, estaremos sempre a disposição de nossa gente e sem duvida alguma cumprindo verdadeiro papel de uma rádio comunitária em nossa querida cidade de Umarizal.



São 07 anos de fundação e de muito trabalho. E posso dizer com muita convicção que comunicação é vida e através dela podemos mudar o mundo e o nosso modo de vê-lo, e que para viver também é preciso além de comer, comunicar-se, falar, ouvir, sentir.

Parabéns FM Fraternidade 104,9 A paixão de Umarizal.

Mais informações »

sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

Escola de Governo e FGV oferecem cursos gratuitos na modalidade a distância.

O Programa de Capacitação em Administração Pública a Distância, resultado de parceria entre a Escola de Governo Cardeal Dom Eugênio de Araújo Sales (EGRN) e a Fundação Getulio Vargas (FGV), através do Programa FGV Online, oferece, desde o final de novembro de 2014, cursos online de extensão e atualização para servidores públicos que almejam se capacitar.   

Os cursos de extensão, com carga horária de 30h, são voltados especificamente para servidores estaduais e municipais que possuam diploma de curso superior e suas inscrições seguem abertas só até 8 de fevereiro de 2015. As aulas, que são realizadas com tutoria, ocorrerão de 23 de fevereiro a 8 de maio. Além dessa oportunidade, haverá outras três ofertas ao longo de 2015 e 2016, durante o período de vigência do Programa.   

Eis os cursos de extensão oferecidos: Controladoria; Balanced ScoreCard (BSC); Direito Tributário; Direito Administrativo; Licitações e Contratos Administrativos; Gestão da Qualidade em Serviços; Gestão do Conhecimento; Marketing de Relacionamento; Competências Gerenciais; Gestão de Pessoas; Gestão por Competências; Saúde e Qualidade de Vida no Trabalho; Estado, Governo e Administração Pública no Brasil; Gestão de Contratos, Convênios e Ajustes; Gestão do Serviço Público; Responsabilidade Fiscal na Gestão Pública; Políticas de Segurança; e Segurança Hospitalar.   

Já os cursos de atualização são voltados para qualquer pessoa, não se restringindo apenas aos funcionários do setor público. Com carga horária de 15h, eles não possuem limite de vagas, podendo ser cursados a qualquer hora, desde que o público interessado tenha acesso a internet. Eis os cursos: Como Organizar o Orçamento Familiar; Como Planejar a Aposentadoria; Conceitos e Princípios Fundamentais do Direito; Formação Docente para Professores de Direito; Fundamentos da Gestão de Custos; Gerenciamento do Escopo de Projetos; Investigação Criminal e Instauração da Ação Penal; Motivação nas Organizações; Patentes e Bases Legais; Processo de Comunicação e Comunicação Institucional; Quis: Jogo de Novas Regras Ortográficas – Reconhecendo Texto e Contexto; Recursos Humanos; Relevância das Questões Ambientais; e Sustentabilidade Aplicada aos Negócios: orientação para gestores.   

Os interessados devem se inscrever, exclusivamente, por meio do site http://sv.www5.fgv.br/fgvonline/egrn. Em seguida, preencher o formulário de inscrição e aguardar confirmação da efetivação da matrícula por e-mail.   A equipe de suporte técnico estará disponível para auxiliar os alunos nos eventuais problemas técnicos por meio do telefone (21) 3799-4770 ou do e-mail supegrn@fgv.br. Informações complementares referentes ao programa de ensino a distância podem ser obtidas no telefone (84) 3232-1699, da EGRN.
Mais informações »

Meu abraço especial seguido dos melhores votos de felicidades aos queridos aniversariantes de hoje, 23.

Meu abraço especial seguido dos melhores votos de felicidades aos queridos aniversariantes de hoje, 23: Ana Medeiros, Victoria Paula, Garibaldo Pereira de Lima, Dalva Cortez, Joseana Medeiros, Cláudio Nóbrega de Paiva, Adriana Delfino, Tycianne Alves e Mayra Luiza.
Mais informações »

Forte e carinhoso abraço de feliz aniversário no dia de hoje, 23, para minha amiga querida, Goreth Cardoso.

Forte e carinhoso abraço de feliz aniversário no dia de hoje, 23, para minha amiga querida, Goreth Cardoso, desejo-lhe um calendário repleto de sonhos realizados, muita luz, amor, paz, saúde e fé!
Mais informações »

POCAHONTAS: Desapego afetivo e transformação.

Pocahontas é um conto de fadas diferente do padrão, com uma heroína mais humana e amadurecida. Esta índia é o símbolo da mulher que iniciou em seu processo de individuação: o de tornar-se ela mesma. Tendo sido uma personagem real, sua trajetória deu origem a muitas lendas. Tudo que se sabe sobre ela foi transmitido oralmente de geração em geração, de modo que sua real história é controversa até hoje. Sua vida se transformou em um mito romântico nos séculos seguintes à sua morte, mito este que foi transformado em um desenho animado da Disney, levando no título o próprio nome da índia.

Na lenda original, segundo o Wikipedia, ela era uma índia powhatan que se casou com o inglês John Rolfe, tornando-se uma celebridade ao fim de sua vida. Era filha de Wahunsunacock (conhecido também como Powhatan), que governava uma área que abrangia quase todas as tribos do litoral do estado da Virgínia. Seus verdadeiros nomes eram Matoaka e Amonute; "Pocahontas" era um apelido de infância.

Segundo a história, ela salvou o inglês John Smith, que seria executado pelo seu pai em 1607. Nessa época, Pocahontas teria apenas entre dez e onze anos de idade, ao tempo em que Smith era um homem de meia idade, com cabelos longos e castanhos, e barba. Ele era um dos líderes colonos e, à época, fora raptado por caçadores Powhatans. Ele possivelmente seria morto, mas Pocahontas interveio, conseguindo convencer o pai de que a morte de John Smith atrairia o ódio dos colonos.

CONFLITOS INTERNOS E PROJEÇÃO DO INCONSCIENTE

O filme da Disney, de 1995, narra o embarque de um navio de colonos britânicos da Companhia da Virgínia para o "Novo Mundo", em 1607. A bordo dele estão o capitão John Smith e o líder governador Ratcliffe, que acredita que os nativos americanos estão escondendo uma vasta coleção de ouro e por isso procura ganhar esse tesouro por conta própria. Entre estes nativos da tribo local, conhecemos Pocahontas, a filha do chefe Powhatan, que discute a possibilidade de a heroína se casar com Kocoum. Este jovem é um bravo guerreiro que, no entanto, ela vê como muito "sério" em comparação com sua personalidade alegre e espirituosa.

Assim, logo no início do filme, Pocahontas aparece já questionando o sentido de sua própria vida e qual caminho deve seguir: o casamento arranjado com Kocoum ou a espera pelo verdadeiro amor. Essa dúvida entre seguir as tradições dos pais e da sociedade ou obedecer aos anseios da alma desencadeia um verdadeiro conflito interno para a índia, diferentemente do que ocorre com a maioria das heroínas clássicas dos contos de fadas.

No decorrer da trama, a vontade de compreender um sonho recorrente faz com que a moça, juntamente com seus amigos - o guaxinim Meeko e o beija-flor Flit -, visite o espírito ancestral da Vovó Willow, que habita um salgueiro. Em resposta, a árvore a aconselha justamente a ouvir os espíritos, ou seja, ouvir o que o inconsciente está lhe dizendo. A árvore tem um formato fálico, mas também possui em si a seiva da vida, simbolizando os princípios masculinos e femininos - logo, uma totalidade. E Vovó Willow, como um espírito ancestral, simboliza o aspecto do inconsciente coletivo que une todos os dilemas e conflitos já vividos pelos seres humanos.

O navio britânico chega ao novo mundo trazendo o inglês John Smith. O rapaz e Pocahontas se encontram, ao tempo em que uma paixão incontrolável acende entre ambos. Mas a despeito dessa paixão, os mundos dos dois são muito diferentes um do outro: Pocahontas é uma mulher ligada à natureza, enquanto que John pertence à civilização e deseja explorar a natureza, em busca de ouro e pedras preciosas.

Na psicologia analítica de Carl Jung, essa ligação amorosa existe e nos impulsiona à união com o outro externo - no caso, outra pessoa - e interno, que seria o nosso "eu interior".

Apaixonamo-nos e convivemos com esse outro, que possui características complementares à nossa personalidade, mas que também está esperando, dentro de nós, por uma expressão no mundo externo. É uma união com a nossa essência mais profunda, e Pocahontas anseia por esse encontro.

No filme, observamos o desenvolvimento daquilo que Jung denominou arquétipo da conjunção - arquétipo que se refere à união e a separação das polaridades opostas. Na união, há o desejo e a busca incessante daquilo que mais se quer, e a índia deseja ardentemente um amor que a leve à transcendência, a um caminho diferente do habitual e que expanda seus horizontes. John Smith, de fato, lhe mostra um novo mundo, uma perspectiva diferente da sua. Ele viajou e conheceu outros lugares, sem apegar-se a nada, trazendo a ela um pouco de suas experiências. O mesmo ocorre ele - Pocahontas o traz uma dimensão de sentimento que não havia antes em sua personalidade, uma sensibilidade que o leva a observar e valorizar a natureza. Assim, John começa a sentir uma forte necessidade de estabelecer um laço afetivo com ela, a ponto de querer desistir de voltar para sua terra e passar a viver na tribo.

Já na separação, há a necessidade de deixar aquilo que passou, para que possa haver um novo aprendizado. Ao mesmo tempo em que o amor conflituoso dos dois se inicia, surge uma hostilidade que leva à guerra entre os índios e os britânicos, culminando com a morte do guerreiro Kocoum, o pretendente de Pocahontas. Essa morte pode ser interpretada de forma simbólica, mostrando que agora a personagem pode se libertar do peso da obrigação de seguir as tradições da tribo e de seus ancestrais, e, assim, seguir o caminho que a sua alma lhe indicar.

Além disso, a guerra e o clima de agressividade entre os dois povos mostra o quão difícil é o dilema experimentado por Pocahontas. Ela tem certeza de que quer ficar com John Smith, mas um evento em que ele é baleado faz com que precise voltar à sua terra para não morrer. E, dessa forma, a jovem deve escolher se segue com seu amor ou se permanece com a tribo, uma vez que ela será a líder quando seu pai vier a falecer.

É o amor cumprindo o seu papel de catalisador do processo de desenvolvimento da personalidade, alternando a união e a separação como etapas para a transformação.

PRESENÇA SIMBÓLICA DA MÃE A DISSOCIA DE POCAHONTAS

É importante notar que Pocahontas não tem mãe, mas carrega consigo um colar que pertenceu a ela. Carregar algo que substitui a boa mãe é um tema bastante comum em contos de fadas. Em "A Bela Wasilisa", a heroína carrega consigo uma boneca que a auxilia em momentos difíceis. Em "Cinderela", vimos que uma árvore cresce no túmulo da mãe da Gata Borralheira, após sua morte, auxiliando a princesa ao longo da história. A morte da mãe nos contos de fadas significa que a menina toma consciência de que não deve mais se identificar com ela, ainda que a relação seja positiva. É o início do processo de individuação. O artefato que a substitui simboliza a mais profunda essência da figura materna.

A SUPERAÇÃO DE UM AMOR IMPOSSÍVEL

Pocahontas então percebe que esse amor profundo por John Smith não sobreviveria, pois há um abismo entre a realidade de ambos. Esse amor só poderá permanecer vivo na separação, o que representa uma contradição necessária - o estar junto, porém separados. Ao se deparar com esse dilema, ela faz um sacrifício inevitável para permitir a busca de algo que está além e mostrar o que virá mais adiante. Com isso, ela valoriza a sua terra, a sua tribo e também o amor que desenvolveu por John. Ela não nega, nem reprime o que sente, apenas enfrenta a situação.

Com isso, o conto nos inspira a seguir pelo caminho da compreensão, quando as diferenças entre dois amantes parecem falar mais alto. Ao aceitarmos a impossibilidade de um relacionamento amoroso, confirmamos o quanto esse amor nos transformou, a ponto de nos abrirmos a tudo de mais extraordinário que está por vir.
Mais informações »

# Compartilhar

Twitter Facebook Google Plus LinkedIn RSS Feed Email Pinterest

A vida em Círculos!

Parabólica

Este blog é 100%!

Este blog é 100%!

Prévia Carnavalesca

Prévia Carnavalesca

Prévia Carnavalesca: 13 de Fevereiro

Prévia Carnavalesca: 13 de Fevereiro

Carnaval 2015

Carnaval 2015

Umarizal FEST 2015!

Umarizal FEST 2015!

Sobre a Gratidão.

Sobre a Gratidão.

Tenho amores no céu.

Tenho amores no céu.

Somente!

Somente!

Nosso Padroeiro!

Nosso Padroeiro!

Porque Ele me ama!

Porque Ele me ama!

Dr. Ernane Pinheiro

Dr. Ernane Pinheiro
Médico Psiquiatra

Mano Onofre

Armando Araújo

Armando Araújo

Tudo Gostoso Lanches

Tudo Gostoso Lanches
Mais sabor para o seu paladar.

Sou GIRAMUNDO!

Sou GIRAMUNDO!

Karla Simone




Agmar Dutra

Agmar Dutra

Miragem Construções

Miragem Construções

FarmaVida

FarmaVida

Ikaro CDs

Ikaro CDs

TotalInfo



Troca de Óleo do EZINHO

Troca de Óleo do EZINHO

Facebook

Encontre-me no PENSADOR

Indique o nosso site!


Siga-me no Instagram!

Instagram

Email






  • Total de visualizações

    Rede Oeste Umarizal

    Rede Oeste Umarizal

    Mestre do Zumba

    Mestre do Zumba
    Tel: (84) 9818.3157

    Kaio Dias


    Arquivo do blog

    Por onde ando...

    Copyright © Uzl em Fatos e Fotos | Traduzido Por: Yago Design - Galera Na Mídia